O povoamento do Brasil através da imigração

História 4º ano

A imigração e o povoamento do Brasil

A imigração para o Brasil começou vários anos antes da chegada dos imigrantes que vieram trabalhar nas fazendas de café. Em 1819, um grupo de imigrantes suíços veio para o Brasil e se estabeleceu em Nova Friburgo, no estado do Rio de Janeiro. Após o ano de 1822, quando o Brasil já havia se tornado independente de Portugal, o governo brasileiro decidiu incentivar a vinda de imigrantes. O principal objetivo era ocupar o sul do Brasil, onde hoje localizam-se os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

No Sul, o povoamento foi feito com base nas colônias, áreas determinadas pelo governo e divididas em lotes. Esses lotes eram doados aos imigrantes ou vendidos para serem pagos em prestações. Entretanto, os lotes destinados aos imigrantes, geralmente, ficavam em lugares isolados e de difícil acesso. Nessas colônias, os imigrantes tinham de trabalhar pesado para derrubar as matas e cultivar lavouras.

Entre os imigrantes que se fixaram no sul do país estavam alemães. No ano de 1824, eles se estabeleceram na colônia de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. Alguns anos depois, os alemães já tinham fundado outras colônias, que se tornaram cidades, como Nova Hamburgo, também no Rio Grande do Sul, e Blumenau e Joinville, em Santa Catarina. Nas colônias que fundaram, além de plantarem e criarem animais, os imigrantes alemães instalaram pequenas fábricas, como as de móveis e as de tecidos.

A partir de 1875, começaram a chegar imigrantes italianos que ocuparam, principalmente, a serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul. Nessa região, eles fundaram várias colônias que, posteriormente, tornaram-se cidades, entre elas, Caxias do Sul, Garibaldi e Bento Gonçalves. Os italianos cultivavam lavouras e criavam animais para seu sustento e para vender em várias cidades. Eles também plantavam uva para utilizar na fabricação de vinho. Essa atividade passou a ter grande importância econômica e, atualmente a região da serra Gaúcha é a maior produtora de vinhos do Brasil.

Os portugueses e os espanhóis começaram a chegar ao Brasil na condição de imigrantes, principalmente, a partir de 1890. Esses imigrantes foram para diversas partes do território brasileiro, principalmente os centros urbanos. Um grande número deles fixou-se em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Santos, passando a trabalhar em fábricas ou em estabelecimentos comerciais.

Os japoneses também vieram em grande quantidade para o Brasil. Os primeiros imigrantes japoneses chegaram em 1908. A maior parte desses imigrantes dedicou-se á agricultura, principalmente à lavoura de café. Os principais lugares de fixação dos japoneses no Brasil foram o estado de São Paulo, e posteriormente o norte do estado do Paraná.

Atividades

1. O que eram as colônias de imigrantes?
2. Como os imigrantes contribuíram para o povoamento do Brasil?
3. De quais nacionalidades são os imigrantes que contribuíram na construção das seguintes cidades:
a) Nova Friburgo
b) São Leopoldo
c) Caxias do Sul

Respostas

1. As colônicas de imigrantes eram áreas determinadas pelo governo e divididas em lotes. Esses lotes eram doados aos imigrantes ou vendidos para serem pagos em prestações.
2. Os imigrantes que viviam em colônias cultivavam lavouras e criavam animais para se sustentar com o crescimento dessas atividades essas colônias começaram a dar origem a cidades.
3.
a) Suíça.
b) Alemanha.
c) Itália.

Mais conteúdo sobre imigração. 

 

 

   

{formulário de inscrição}

Este post tem 4 comentários

  1. Rosana Silva

    Gostei muito deste conteúdo sobre a imigração no Brasil. Foi de muita utilidade para mim.

    1. Ensinar Hoje

      Ficamos contentes em saber que te ajudou.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.